24 fevereiro 2008

Os 10 games mais decepcionantes da história da Nintendo.

Sabe aqueles jogos que esperamos por anos; compramos com o maior prazer e depois de jogar voltamos um jogo antigo da série? Pois é. Você confere agora uma listagem exclusiva da equipe Gamer Nintendo com os jogos mais decepcionantes em consoles Nintendo.

10º - Castlevania: Dracula X


"Como queríamos que esse fosse o Rondo of Blood"

Imagine um mundo que ainda estava encantado com o fabuloso Super Castlevania 4. Imagine um mundo que em suas primeiras imagens viram um Ritcher lutando contra a morte, se aventurando em um navio pirata com chicotes pegando fogo. Acontece, que as fotos eram de Rondo of Blood, uma versão bem melhor que a do Snes. O jogo não é todo ruim, mas a falta de cenários variados, uma jogabilidade travada, trilha sonora idêntica do começo ao fim, fizeram com que as altas expectativas dos fãs de Castlevania guardassem esse jogo na gaveta, e se divertissem com o Castlevania 4.


9º- Red Steel



"Se Red Steel 2 for metade desse...Nem de graça!"

O primeiro jogo de Wii a ser mostrado, Red Steel mostrou gráficos impressionantes, jogabilidade à primeira vista incrível, personagens carismáticos, enredo inteligente... Ops, depois que o jogo saiu vimos que tudo isso é quase uma blasfêmia... Esse jogo era tão promissor, que ele era mostrado ao lado de Zelda! As pessoas ao redor do mundo anseavam tanto em jogar esse game que elas procuravam horas e horas seguidas no YouTube para ver aquele cara que joga como se o game fosse uma grande coisa. No fim, saiu um lixo mesmo.Os gráficos não são bons, a jogabilidade não é lá aquelas coisas, a história não faz o menos nexo, e tudo parece uma desculpa para ganhar alguns trocados.

08º FarCry: Vengeance


"O maior feito desse jogo, é o fato de ter estragado a vida de tantas pessoas."

Antes: Nossa, Far cry está no Wii! Que legal, vou comprar assim que sair! imagina a jogabilidade do jogo? Genial! Jogar granadas com o Wiimote, usar a Faca! Vai ser incrível!
Depois: Nossa que gráficos podres, jogabilidade estranha... o que é isso aqui mesmo... nossa deixa eu correr!Ahhhhhhhhhh! Não corre!!!!! Morri...


07º- Turok Evolution

Depois de grandes games para o Nintendo 64 e Pcs, parecia que a volta de Turok, orquestrada pela Acclain seria em grande estilo. Parecia. Turok Evolution pode ser considerado um dos piores games de todos os tempos. Sabe aquela atmosfera envolvente dos primeiros jogos? Então, não existe nada que ainda sobre dela. Os gráficos, os controles? Nada funcionou.

06º - Pokemon Stadium


"Storyline? Cadê você?"

Quando eu ouvi que Pokémon estaria no N64 eu quase tive um Enfarto. O que eu esperava era um RPG, assim como nos games da série para o Game Boy. E o pior de tudo, eram os comerciais... Benditos comerciais; Mostravam um menino que chegava em casa e tinha um N64 com a fita do Pokémon esperando por ele. No fim, tivemos um game apenas mediano, com visual e som ruins e principalmente falta de profundidade. (Os minigames em sí valem pelo resto do jogo)

05º- Secret of Evermore

Quando soube de Secret of Evermore eu fiquei extremamente chocado e hipnotizado por um tempo, tinha que jogar! Muito bem, vou resumir tudo... Imagine que você está esperando ganhar um Wii e ganha um Dynavision, é mais ou menos isso. O jogo pegou o que Secret of Mana tinha de bom e jogou no lixo.Em TODOS os aspectos possíveis de se imaginar. Nada do primor técnico da série estava presente, bem como o enredo e os personagens eram ridículos.

04º- Pokemon Battle Revolution


"Cadê meu 64?²"

Batlle Revolution foi o cúmulo. Com os gráficos do Wii, eu imaginamos que saíria algo mediano. Mas não, saiu um lixo mesmo.Eu não acreditei nunca no jogo, mas muitos caíram na conversa que os Pokémons dessa vez seriam todos diferentes... E não foi só o visual que decepcionou não: quase tudo ficou abaixo do limite: modos de jogo bestas e jogabilidade falida. E o pior: no Brasil ninguém tem 4 amigos com DS e cópias dos jogos. Comprar é uma bela forma de jogar dinheiro no Lixo.

03º- Megaman 64


"Desde quando o Mega man é tão bobo alegre?"

Um Megaman para o 64. Tudo bem, já tinhamos para o Playstation, mas esse tinha algo de diferente. Ele seria 3D. Já tinhamos em mãos pefeitas conversões para três dimensões como Mario 64 e Zelda, e esperavamos fielmente que esse jogo seria algo desse calibre. Mas não foi, o resultado do port de Megaman Legends foi um jogo com trilha sonora horrenda, jogabilidade travada e o pior de tudo: atmosfera nula.Os fãs de Megaman ficaram chocados, os chefes não eram nada criativos... Deplorável...


02º- Castlevania 64


"O Maior exemplo de que nem sempre 3D é bom."

Depois do sucesso estrondoso de Synphony of the Night, o que diríamos de um jogo da série no N64 e totalmente lapidado em 3D? Pois é, esse jogo era aguardado como um dos melhores do console. Mas o resultado foi totalmente inesperado. Por onde começo? O jogo não tem nenhum personagem cativante. Não tem atmosfera nenhuma.Trilha sonora péssima, efeitos sonoros horríveis.Mas uma coisa, simplesmente uma, pode acabar com tudo de bom que esse jogo possuí: A Camera. Parece que a Câmera vai contra o Jogador, para atrapalhar mesmo.

Urgh, esse jogo cumpriu o papel de dar medo. Só de ouvir o nome "Castlevania 64" e lembrar da câmera, eu já não dormia por noites...

1º- Donkey Kong 64



Donkey Kong Country agradou imensamente os donos do SNES, um dos melhores visuais do console e das melhores trilhas sonoras de todos os tempos. Uma franquia que estava junto com Mario e Zelda ao topo! Quando eu soube que sairia um Donkey para o 64 e que ele traria todos os Personagems para se jogar, eu nem quis saber da jogabilidade. Já dei pulos de alegria.
Não me entenda mal, o jogo é bom. Mas não chega aos pés da série Country. E a trilha sonora... quer dizer Rap? o que aconteceu com as músicas que comporam a melhor trilha sonora do Snes?
Depois, a atmosféra EXTREMAMENTE envolvente do DKC ficou enjoativa e igual no jogo todo. Eu comprei o jogo, e sinceramente, acho que a série deveria ter parado nos Countrys da vida.

2 comentários:

Neo Raph disse...

Grande lista de decepções, afinal nada é perfeito, Donkey Kong viveu seus dias de gloria na geração 16 bits, tenho os 2 primeiros até hoje, original na caixa

Luciano disse...

Em relação a Castlevania 64,além da camêra tem aquele cara com o chicote que eu não sei o nome ele é
ruim pra caceta hein prefiro jogar com a Carrie Fernandez.